sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Cansaço.

“Chega uma hora, uma bendita hora, em que acontece algo que, embora não aparente de imediato, pode ser a melhor notícia da temporada, a mais promissora, desde que não nos estreite os olhos, nem congele o coração: a gente se cansa. De algumas coisas. De um monte delas. Das ilusões. De se apertar pra caber em autoimagens que, na maioria das vezes, não têm nada a ver com a gente. Cansa de ficar à mercê da felicidade que parece acontecer só de fora pra dentro. (…)

Nem todo cansaço é ruim. Há cansaço que cria intervalos preciosos, férteis de transformação. Há cansaço que nos torna mais parecidos com nós mesmos, de novo ou pela primeira vez, e mais próximos do lugar em nós onde pulsa o que nunca se cansa. Há cansaço que nos leva ao instante, em que, exaustos, reverenciamos a vida e dizemos para ela mais ou menos assim:

- Entrego o meu cansaço, farta de perceber que, por mais que eu tente, não tenho controle com relação a tudo aquilo que, de verdade, importa. Eu me rendo à sua sabedoria, que me habita, embora tantas vezes eu esqueça. Por favor, me ensina a simplesmente fluir com você. Por favor, me ensina a simplesmente fazer florir as sementes que você me confia. Por favor, me ensina a simplesmente ser. De preferência, sem muito cansaço.”
 Ana Jácomo.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

O Inesperado

Desprezo a rotina. fujo da mesmice e combato contra isso todos os dias. Aprendi a lutar todos os dias contra o "normal". Gosto do diferente, do inesperado, da surpresa, da sensação de algo novo.

Não consigo me conformar com a situação cotidiana, por isso procuro viver a cada dia como se ele fosse único. Sou intensa e a intensidade reflete em tudo o que faço, desde a forma de agir como a forma de pensar. A intensidade existe nos sentimentos de frustração como também em bons momentos.

Muitas pessoas não gostam da rotina, mas nada fazem pra escapar da situação. Se acomodam. Eu não. eu preciso buscar algo novo e espero ansiosamente pelo inesperado.

Eis o dilema: Esperar o inesperado. Como se faz isso?

Dentro de mim existe algo que vibra incansavelmente, pedindo, exigindo. Mais. Quero mais, sempre mais. Não me satisfaço com o que tenho e sempre corro em busca de além do que posso ter. Isso faz de mim uma pessoa com objetivos a serem alcançados e metas a serem cumpridas, eternamente. Quando alcanço o que almejo, logo crio outro objeto de desejo. E assim vai.

Dificilmente me canso ou desisto do que procuro. Posso caminhar mais devagar em alguns momentos, mas somente para recuperar as forças e logo sigo em frente. Parar, nunca.

Qual a sua preocupação neste momento? Em quê está pensando? O que você almeja ou qual é o seu desejo? Você tem algum objetivo? Está correndo em busca do seu sonho, e fazendo algo para que isso aconteça?

Deixo um conselho a vocês, queridos amigos leitores: Almejem, sonhem, esperem, tenham objetivos, metas e vontades. Mas caminhem, corram, incansalvemente, fazendo o que podem para a realização das suas vontades, e assim de forma mais fácil isso virá a você.

E quando o que se quer parece ser impossível aos nossos olhos e aos nossos atos, basta esperar. Viva esperando o inesperado. Anseiem, sonhem. A fé move montanhas. Basta acreditar e lutar, e ela se moverá por você.

Já movi muitas montanhas, e vou viver o resto da minha vida lutando e conquistando cada vez mais, e eu espero sinceramente que você também possa viver e aproveitar a satisfação de um dever cumprido, de um sonho realizado.

Viva intensamente.
Conquiste o impossível.
Espere o inesperado.



MyFreeCopyright.com Registered & Protected

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Recado aos leitores: Créditos

Faz um tempo que não escrevo, mas prometo que vou voltar a escrever. Minha vida anda muito corrida ultimamente, e me falta tempo pra sentar e transbordar o quem vem acumulando dentro de mim. Mas um dia esse tempo chega e eu faço isso!

Vou aproveitar este post para pedir a vocês leitores, que ao copiarem alguma de minhas criações aqui, que por favor, coloquem os devidos créditos onde quer que postarem meus textos ou minhas imagens. 99% do que escrevo aqui é de minha autoria, quando não é eu cito o nome do autor, dando o devido crédito, então, por favor, faça o mesmo ok? Já as imagens são tiradas da internet, mas minhas fotos pessoais e a imagem do título fui eu quem criei, então... se eu chegar a ver em algum lugar por aí, sei que foi tirado daqui.

Digo isso porque sei que alguém passou e copiou algo daqui hoje. Não sei se vocês sabem, mas eu monitoro o que é copiado, a quantidade de palavras, quando e quantas vezes. A única coisa que não consigo ver é quem copiou.

Agora todas minhas criações são registradas pela MyFree Copyright.
Então... please, podem copiar... mas dêem os devidos créditos se forem utilizar em algum lugar público tá?
Fico feliz de que gostem das minhas criações, me sinto honrada. Mas colaborem, e assim o mundo gira mais feliz.

Beijo a todos, até breve!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Premiações

O Meu Casulo está com novo layout e ainda levou uma avalanche de premiações esta semana, e os selos vieram do amigo Nícolas Queiros, sobre a regra de indicar mais 6 blogs para receberem a premiação!

Estes selos: "Escritores Virtuais" e "Digno de ser Lido" são dados aos melhores blogs na qual o foco é a escrita. Blogs de poesias, crônicas, textos, frases... Enfim, estes são os selos:



Mais um selo que ganhei, ele é indicado para blogs que você gosta de frequentar:



E mais um selo onde a regra é descrever 10 coisas sobre você. Aqui está o selo:


Agora 10 coisas sobre mim:

1. Sou inconstante
2. Palmeirense
3. Adoro tudo que tenha relação à agua.
4. Amo música de qualidade.
5. Sou fisioterapeuta
6. Minha risada é estranha
7. Eu falo dormindo.
8. Sou insegura.
9. Não gosto de dormir.
10. Eterna sonhadora.


É isso aí! Agora os blogs que levam esses prêmios na condição de seguir as mesmas regras são:


Como o blog está recebendo muitos presentinhos, a partir de agora, todas as premiações e selos que o Meu Casulo receber, será postado na página "Conquistas", pois a página de posts será exclusiva para criações e citações. É só conferir lá!

Obrigada a todos que seguem e lêem o Meu Casulo! E aos 6 blogs vencedores, espero que gostem!
Aproveitem para comentar o que acharam do novo layout do blog, ok?
Beijos!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

 Se eu pudesse te abraçar agora, pararia o tempo, para eu nunca mais ver você ir embora.