quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Dentro do Casulo

Hoje estou tentando lutar. Lutar comigo mesma.
Ultimamente tenho entrado em uma batalha, onde não há perdedores, alem de mim.
Estou tentando voltar a ser quem sou, ou quem já fui, tentando resolver os meus problemas sozinha, sem precisar ficar choramingando para ninguém.
Talvez esteja aprendendo a chorar calada tambem, chorar baixinho no canto, e acordar com um sorriso no rosto.
Estou tentando ver realmente o que são meus defeitos, e o que são minhas qualidades.
Talvez nem tudo o que pensei que fosse defeito, é tão defeituoso assim.
Talvez seja o destino quem resolveu me mudar, mas estou tentando entrar no melhor caminho, não precisar de amigos para me ajudar, ser minha propria amiga, estou tentando me mudar,  o que é mais importante.
Descobri que antes de tentar mudar os outros tenho que me mudar primeiro, antes de procurar defeitos nos outros, tenho que achar os meus primeiro.
Talvez eu esteja descobrindo quem eu sou, Talvez não.
Mas estou seguindo. Estou bem por enquanto, as lágrimas estão quase controladas, e as palavras... um dia eu chego lá.


MyFreeCopyright.com Registered & Protected

7 comentários:

  1. Toda mudança começa dentro de nós, tendo consciência disto Metade do caminho já está percorrido.

    Grande Abraço.

    www.bloginoportuno.blogspot.com

    Bons Ventos!!

    ResponderExcluir
  2. Lindo, Bruna... Não estou dentro do seu casulo, mas também estou passando por uma fase de mutação. E posso concordar que não é fácil. Mas a gente chega lá.
    Beijo,
    um amigo.

    ResponderExcluir
  3. Que história é essa de não precisar mais dos amigos...??uu' do lhe uma...=X

    ResponderExcluir
  4. muito bom...gosto dessas ideologias fortes que nos faz pensar e viajar e vc me deu um pouco disso




    www.usguerreiros.com

    ResponderExcluir
  5. Bruna, tem presente pra ti no meu blog http://vivendocadasegundo.blogspot.com/
    Espero que goste! Abs

    ResponderExcluir
  6. às mudanças são necessárias, todos os dias mudamos um pouco de acordo com as nossas experiencias e expecativas, é neste momento que formamos a nossa verdadadeira personalidade

    beijos

    ResponderExcluir
  7. não entendo as vezes o porque de tantas pessoas acabarem olhando tanto para o passado, assim elas acabam deixando o passado afetar seu futuro modificando seu presente, devemos viver o agora sem medo do futuro e deixando o passado passar, ficar se prendendo apenas nos atrasa em descobrir o quão belo pode ser o porvir. . .

    http://bonecozumbie.blogspot.com/

    ResponderExcluir